Últimas Notícias

Com passagem mais barata, fluxo no transporte coletivo aumenta em 25%, diz prefeitura

Aumento no uso do transporte público coletivo em Maringá. Foto: PMM

No dia 14 de fevereiro, o prefeito Ulisses Maia assinava subsídio ao transporte coletivo de Maringá que permitiria a redução no preço das passagens de R$5.10 para R$4. Dois meses depois, o resultado mostra o quanto a ação foi importante para os contribuintes. O fluxo de passageiros aumentou em 24%. “Saltamos de 75 mil passageiros para 93 mil por dia”, comemorou o prefeito nesta quarta-feira, 13”.

O fato é que o aumento no uso do transporte público coletivo contribuiu para diminuir o número de carros e motocicletas nas ruas da cidade. 

Além do aspecto social e da melhora na mobilidade urbana, a redução no número de veículos também contribui para diminuir a poluição do ar e aumentar o bem-estar dos maringaenses. Essa equação é fundamental para a Prefeitura que trabalha para que Maringá continue sendo a melhor cidade do Brasil para se viver. “Essa qualidade de vida é fundamental. É um diferencial importante para mantermos nossos talentos na cidade, para atrairmos investidores, empresas e criarmos empregos”, comenta o prefeito Ulisses Maia.

A iniciativa da Prefeitura em diminuir o valor da tarifa do transporte coletivo contou com apoio dos vereadores que aprovaram projeto de lei que permitiria ao Executivo arcar com a gratuidade de estudantes, pessoas com deficiência, idosos, pessoa com transtorno mental em tratamento contínuo, indígenas que comercializam artesanato, pessoas com transtorno do espectro autista e seu acompanhante, crianças e adolescentes portadores de patologias crônicas e gestantes.




Nenhum comentário