Últimas Notícias

Bebê tem vida salva por agentes da Guarda Municipal de Maringá

Sidnei Aparecido de Farias (direita) e Jackson Teixeira dos Santos (esquerda) atuam na Guarda Municipal há mais de 10 anos. Foto: Divulga? / PMM 

Na quinta-feira, 21, os agentes da Guarda Municipal de Maringá Sidnei Aparecido de Farias e Jackson Teixeira dos Santos saíram para mais um dia de trabalho. Há mais de 10 anos cuidando da segurança dos maringaenses, eles não imaginavam que naquele dia, até então tranquilo, poderiam salvar uma vida. Durante o patrulhamento de rotina, na Vila Progresso, eles salvaram a vida de um bebê de 10 meses que estava engasgado. O treinamento e preparo dos agentes foi fundamental para a atuação neste caso. 

Na Rua Cristal, os agentes foram parados pela mãe e a avó da criança que estavam em outro carro. Elas saíram do veículo com o bebê de 10 meses que estava desacordado e não apresentava sinais de respiração. Os guardas realizaram a chamada manobra de Heimlich na criança, que retornou os sinais vitais. A criança foi encaminhada para o Hospital Universitário de Maringá. 

Leia também: Queiroga, oficializa fim de emergência sanitária por conta da pandemia da covid-19

Segundo o agente Sidnei Farias, foi a primeira vez, durante o período de trabalho na Guarda Municipal, que ele atuou em uma operação como essa envolvendo crianças. “Poder fazer a diferença, dar esse apoio para a família até a chegada no hospital, é muito gratificante. Isso tudo só foi possível com os treinamentos. Estávamos no local certo, na hora certa e preparados para poder ajudar.”

O prefeito Ulisses Maia parabenizou o trabalho dos guardas. “Fico feliz por ter contribuído com a transformação da nossa guarda, que hoje é considerada referência para o Brasil e contribui muito para a segurança de Maringá”, disse. 

Leia também: Maringá; Prefeitura realiza limpeza de cartazes em mais de 600 postes

“Nesta quinta, vimos como é fundamental termos agentes preparados e isso só é possível por meio dos investimentos que fazemos em capacitações constantes”, afirmou o secretário municipal de Segurança, Ivan Quartaroli. 

No ano passado, todos os agentes realizaram mais de 90 horas de treinamento, incluindo formação com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Apenas neste ano, já foram quase 40 horas de capacitação. “O objetivo é preparar cada vez mais nossa Guarda Civil para atuar em proximidade e para o maringaense”, destacou Quartaroli.  



Nenhum comentário