Últimas Notícias

Boulos desiste do governo de SP, é pré-candidatura a deputado federal e pode ganhar secretaria no governo federal se Lula for eleito

Guilherme Boulos (PSOL), anuncia que não vai ser candidato ao governo de São Paulo em 2022.  FOTO: RICARDO STUCKERT (arquivo 2018)

Guilherme Boulos (PSOL), líder do MTST, anunciou nesta segunda-feira 21 que não vai ser candidato ao governo de São Paulo nas eleições deste ano.

 “Eu tomei a decisão de ser candidato a deputado federal neste ano, pela importância de fortalecer e de criar uma grande bancada da esquerda no Congresso Nacional”, afirmou o líder do MTST em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo. 

Pagamento da terceira parcela do IPVA das placas 5 e 6 termina nesta segunda-feira

“Não foi possível uma unidade da esquerda em torno do meu nome”. Disse Boulos. 

Guilherme Boulos buscava um acordo com partidos como o PT e o PSB, que pretendem lançar, respectivamente, os nomes de Fernando Haddad e Márcio França ao governo do estado. 

“Defendo que a unidade [da esquerda] é essencial para acabar com o “tucanistão” e para derrotar o presidente Jair Bolsonaro em São Paulo”, avaliou. Na pesquisa Quaest, divulgada na quinta-feira 17, Boulos aparece em quarto lugar com 7%. 

De acordo com o levantamento, Haddad lidera com 24% e França aparece com 9%.

Alexandre de Moraes revoga bloqueio do Telegram

Bastidores

Circula nos bastidos das eleições presidenciais, que o pré-candidato Lula teria oferecido uma secretaria no governo federal para Guilherme Boulos se o petista por eleito. 

Nenhum comentário