Últimas Notícias

Prefeito de Maringá assina decreto que cria o programa Justiça Restaurativa Laboral

Prefeito assina criação do programa Justiça Restaurativa Laboral em Maringá 

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, assinou o decreto municipal que cria o programa Justiça Restaurativa Laboral no âmbito do Município. A solenidade ocorreu nesta segunda-feira, 29, no Paço, e contou com a participação do secretariado municipal e representantes do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), Ministério Público do Trabalho, Promotoria de Justiça e órgãos que atuam com práticas de justiça restaurativa em Maringá.

Possíveis conflitos relacionados à esfera trabalhista na administração pública deverão passar pela central da justiça restaurativa da Prefeitura de Maringá, buscando o diálogo e a empatia para o entendimento da situação e resolução mais harmônica. 


“Já temos uma fantástica experiência com justiça restaurativa na área da educação de Maringá, e queremos ampliar ainda mais. Conflitos podem ser resolvidos com um método simples: o diálogo. Estamos fazendo uma política de Estado para que a justiça restaurativa seja prática difundida sempre na administração municipal. Consolidamos assim, cada dia mais, a Maringá que queremos, cada vez mais humanizada”, comentou o prefeito Ulisses Maia.

“Maringá está muito à frente de outros municípios paranaenses quando o assunto é justiça restaurativa. Esse caminho do bem é sem volta, e parabenizo o prefeito Ulisses Maia por expandir essas louváveis práticas no âmbito da administração pública”, disse Carmen Ramajo, coordenadora do Centro Judiciário de Solução de Maringá e que representou a desembargadora Joeci Camargo (TJ-PR) na assinatura do decreto municipal.

“Por meio do diálogo, da empatia e da honestidade, buscamos a solução de conflitos e a Prefeitura de Maringá, com a Justiça Restaurativa Laboral, dará um salto enorme de qualidade e vamos colher muitos frutos também nas relações da administração pública”, disse Cláudio Camargo dos Santos, juiz titular da 1ª Vara Criminal de Maringá e integrante do Conselho Municipal de Justiça Restaurativa.






Nenhum comentário