Últimas Notícias

Assaltante grava áudio para namorada antes de ser alvejado pela PM em Maringá

Assaltante grava áudio para namorada: "Luana estou sendo preso" porém após confronto foi alvejado pela polícia em Maringá

Assaltante grava áudio para namorada: "Luana estou sendo preso"

Três criminosos morreram baleados depois de um confronto com policiais militares de Maringá, Marialva e Sarandi, na tarde deste domingo (17), segundo a Polícia Militar (PM).

Por Whatsapp, um dos assaltantes gravou um áudio de despedida para a namorada dizendo que estaria sendo preso; “O Luana, fiz mancada, eu te amo mano, fiz mancada, tô indo preso, nós veio roubar um barraco aqui mano os policias tá aqui na nossa cola, nós tá dando fuga vei. ” O áudio vazou na internet e chegou até a equipe do Programa Bom Dia Maringá (TV 10), que cedeu para a redação aqui do Saiba Já News.

Ouça o áudio:

A princípio a polícia pretendia prender os assaltantes, entretanto os criminosos apontaram arma para a PM e iniciaram um confronto, no tiroteio eles morreram baleados. Um dos tiros efetuado pelos criminosos atingiu a viatura e o colete do policial de marialva. 

O confronto dos assaltantes compoliciais militares aconteceu após a PM ser informada de que três homens armados roubaram uma casa no Jardim Novo Horizonte, em Marialva, e fugiram em um Gol prata. 

Um cerco policial foi montado para abordar o veículo e, de acordo com a polícia, durante uma nova tentativa de aproximação, as equipes viram que os suspeitos apontaram armas em direção aos policiais. Os militares, então, atiraram contra o veículo. 

O momento da abordagem foi registrado por uma pessoa que passavam pelo local e o vídeo viralizou nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver viaturas da Polícia Militar se aproximando do carro onde estavam os suspeitos e, segundos depois, vários tiros são ouvidos. 

IML identifica os assaltantes mortos em confronto com a PM entre Maringá e Sarandi

Foram identificados os três homens mortos durante um confronto com a Polícia Militar. Segundo informações do Instituto Médico Legal (IML) de Maringá, trata-se de Rudson Vinicius Caetano Francisco, de 19 anos, Emerson Rodrigues da Costa, de 26 anos, e Rafael Ribeiro, cuja idade não foi informada. Os corpos haviam sido levados ao IML para identificação e, de acordo com o órgão, dois deles foram liberados ainda neste domingo e um aguardava liberação na manhã desta segunda-feira, 18. 

A polícia do Paraná tem fama de ser dura e não dá moleza para bandidos, principalmente a PM da região de Maringá. Na região os criminosos que tentam desafiar as leis na maioria das vezes acabam presos e lamentavelmente se tentam confrontar as polícias Militar e Civil acabam mortos. No estado a população tem uma frase bastante popular; NO PARANÁ BANDIDO NÃO SE CRIA.

Polícia Militar publica nota sobre os assaltantes mortos em confronto neste domingo












Um comentário:

  1. Na boa matemática, 3 a menos, se tenho pena? Lamento mais não sofro, pois foram feitas escolhas e com consequências inerentes as mesmas, que o Senhor se apiede de tais almas, quanto a sociedade, respira melhor, pois bandido bom, já sabem.

    ResponderExcluir