Últimas Notícias

Em Maringá, Mulher tenta difamar posto de combustível, justiça manda retirar publicações sob pena de multa diária de R$ 500,00

Uma publicação em grupos de vendas do Facebook foi parar na justiça. Uma internauta tentou difamar um posto de combustível 24 horas após abastecer

Aline Maciel de Andrade, abasteceu o seu veículo na tarde desta segunda, 20 de setembro, após às 19h15 no Posto Piloto em Maringá, entretendo no dia seguinte por volta das 18h50, ou seja 24 após abastecer, voltou no posto para fazer uma reclamação.

Aline relatou nas redes sociais que o ponteiro do seu veículo não mexeu, e tentou pedir o dinheiro de volta. Sem conseguir o ressarcimento, revoltada, ela fez postagem em seu perfil no Facebook e compartilhou nos grupos de vendas disseminando a sua revolta para milhares de pessoas em Maringá e região.

A equipe do Saiba Já News tomou conhecimento do fato pelas redes sociais, o repórter Jota Silva, aqui do nosso portal de notícias abastece no mesmo posto, foi conferir e no seu carro o combustível entrou corretamente.

Após isso Jota Silva foi pedir explicações na gerência do Posto, segundo depoimento, em entrevista ao nosso repórter, o proprietário afirmou que a denúncia ou manifestação por parte da cliente é incabível, o mesmo informou que abastece dezenas de veículos de empresas de transportes no local, inclusive empresas de transporte por aplicativos, taxis e inúmeros clientes; “Estamos a vários anos no mercado e quem abastece no nosso posto sabe que isso não acontece e confia na nossa idoneidade, jamais tivemos a intenção de fazer qualquer adulteração na bomba porque isso geraria problema com certeza, ao ponto de perdermos clientes” relatou o proprietário.

Ainda segundo o proprietário, o posto passa por rigorosas fiscalizações constantes que são realizadas sempre de surpresa como acontece em vários postos de combustíveis em Maringá para evitar esse tipo de situação ou prejuízo aos clientes.

Mais tarde proprietário informou à redação do Saiba Já News que encaminhou o fato ao jurídico. O advogado Gilberto Vilas Boas que representa o Posto Piloto no processo contra a difamação da internauta, por sua vez informou que a justiça já constatou que as publicações ferem a honra, que a denúncia é falsa e que o documento do posto demonstrou regularidade no abastecimento. Gilberto informou que a juíza de direito, Daniela Palazzo Chede Bedin, mandou tirar as publicações sob pena de multa diária de 500 reais

A redação do Saiba Já News teve acesso ao processo por meio de consulta pública, veja o que diz trechos da decisão:

“A jurisprudência é clara ao orientar que cabe ao Judiciário zelar pela proteção da dignidade, da honra e imagem, de forma a resguardar os mais vulneráveis e a reprimir eventuais abusos, nos termos do art. 5º, V, X, da CF.”  ... “tendo em vista a juntado do conteúdo relativo a publicação postada na rede social Facebook, bem como dos documentos anexados pelo Autor que, em tese, comprova que não há as irregularidades afirmadas pela Requerida em sua publicação.

“Ao relatar o ocorrido, por meio de publicação na referida rede social, a Requerida, ao externar revolta quanto ao suposto erro na medição do combustível, acaba por expor a Pessoa Jurídica do autor, gerando inclusive comentários ofensivos proferidos por outros usuários na publicação em questão. ”

O perigo de dano também foi suficientemente demonstrado na exordial, tendo em vista a ampla divulgação o qual pode fomentar retaliação a autora de clientes. Diante da velocidade de propagação dos dados expostos na internet, é imprescindível a adoção de medidas voltadas a coibir a divulgação que possa causar prejuízo, com o intuito de reduzir potencialmente a sua disseminação, minimizando, deste modo, os efeitos inerentes aos comentários depreciativos. 

Ante o exposto, DEFIRO a liminar postulada para determinar que a requerida remova imediatamente as publicações divulgadas, sob pena de incidir em multa diária de R$ 500,00 (quinhentos reais). INTIME-SE.

Veja no vídeo acima a data e a hora em em que Aline Maciel abastece o seu veículo.

Veja no vídeo acima a data e a hora em em que os funcionários do posto fazem a aferição da bomba de combustível na frente de Aline Maciel.











Nenhum comentário