Últimas Notícias

Ulisses Maia assina convênio com o programa Casa Fácil Paraná que garantirá subsídios para habitações

PROGRAMA DE MORADIA POPULAR SE FORTALECE EM MARINGÁ

Prefeito de Maringá, Ulisses Maia, foi recebido esta semana, em Curitiba, pelo governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior. Na oportunidade, ele assinou convênio com o programa Casa Fácil Paraná, do Governo do Estado, que viabilizará subsídios para habitações populares a serem construídas em Maringá, também com apoio da Caixa Econômica Federal.

O convênio é um importante reforço para o programa de moradia popular da cidade, as chamadas Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis). Trata-se do Casa Fácil, por meio do programa Casa Verde e Amarela, envolvendo Governo do Paraná e Governo Federal. 

“Estivemos com o governador assinando o convênio Casa Fácil. O Governo do Estado entrará com os R$ 15 mil de entrada para o financiamento dos apartamentos que estamos fazendo através das Zeis. É muito gratificante poder participar deste projeto e ajudar os maringaenses a realizar o sonho de ter a casa própria”, afirma o prefeito Ulisses Maia.

O diretor da Secretaria de Urbanismo e Habitação, Celso Marcio Lorin, diz que, além das 113 unidades, está previsto para Maringá pelo menos 2.415 unidades passíveis de captar esses recursos. 

Ulisses Maia lembrou que, em Maringá, já é uma realidade o projeto chamado Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis), que amplia a possibilidade de construção de moradias populares graças à verticalização de empreendimentos, em diversos bairros da cidade.

“É muito bom ver que, por meio do nosso projeto das Zeis, conseguimos entrar no primeiro lote do governo. Apesar dessa grande vitória e do número ser inicial, nossa perspectiva é muito maior”, diz.

Com investimentos na ordem dos R$ 20 milhões, a proposta é subsidiar a entrada financeira em créditos imobiliários de moradias, facilitando assim o sonho da casa própria para os maringaenses. 

"A dificuldade de muitas famílias era justamente conseguir o dinheiro para dar entrada no financiamento imobiliário. Com a entrada de R$ 15 mil que o Governo fará por meio do programa Casa Fácil, temos certeza que vamos viabilizar as construções que já estão em execução em Maringá", disse Ulisses Maia.

COMO FUNCIONARÁ - Segundo o Governo do Paraná, o programa prevê o total de 30 mil imóveis a serem contemplados no Estado. O projeto também vai ajudar na geração de empregos diretos e indiretos, proporcionando o impulsionamento da construção civil. 

O desconto de R$ 15 mil no valor do imóvel será pleiteado para famílias com renda mensal de até três salários mínimos, que não tenham casa própria e não tenham sido beneficiadas por outros projetos habitacionais públicos. 

A aprovação do subsídio dependerá de uma análise preliminar da Cohapar acerca do enquadramento dos candidatos. Também serão necessárias a aprovação de crédito do financiamento junto à Caixa Econômica e a negociação das condições de compra com a construtora responsável, conforme já acontece nos processos normais de aquisição de moradias do Casa Verde e Amarela. 

As inscrições são feitas pelo site da Cohapar, a Companhia de Habitação do Paraná. As construtoras que desejam participar do programa podem se inscrever clicando neste link: https://www.cohapar.pr.gov.br/

Mais informações no vídeo:

Nenhum comentário