Últimas Notícias

Fórun de Mulheres publica nota em apoio à esposa do prefeito de Maringá vítima de ataques virtuais

Fórum Maringaense de Mulheres (FMM) publicou na manhã deste sábado 17 de julho, nota em apoio e solidariedade à psicóloga Eliane Maia Kotsifas, esposa do prefeito de Maringá Ulisses Maia, que segundo informações foi vítima de ataques virtuais.

O Fórum das mulheres relata em nota que as publicações divulgadas em redes sociais são Fake News, politicagem e adverte; "mexeu com uma, mexeu com todas”.

Segundo informações, o jurídico da prefeitura estaria rastreando o ataque no perfil da primeira-dama da cidade de Maringá (PR) e também os compartilhamentos e difamações nas redes sociais.

Eliane teria sido alvo de Hacker nas redes sociais que supostamente teria conseguido acesso ao seus stories e publicado difamação dos problemas de saúde enfrentados pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo escritor Olavo de Carvalho. 

Publicação vai contra o alinhamento da prefeitura com o governo federal

Na semana passada o prefeito de Maringá esteve em Brasília e se reuniu com equipes do governo Bolsonaro, inclusive com o Ministro da Saúde, tudo indicava alinhamento da prefeitura de Maringá com o governo federal, bem diferem do divulgado nos supostos ataques virtuais. 

Veja a nota do Fórum Maringaense de Mulheres:

O Fórum Maringaense de Mulheres (FMM) vem a público manifestar apoio e solidariedade para a psicóloga Eliane Maia Kotsifas pelos ataques que vem sofrendo nas mídias sociais. 

Eliane teve seu Facebook hackeado e usado para postagens políticas, as quais foram imediatamente compartilhadas nas redes e grupos intitulados de direita. É absurdo que pessoas continuem usando mentiras, fake news e montagens para disseminar ódio e atacar as pessoas.

Além de psicóloga, Eliane é esposa do Prefeito de Maringá, o que a torna um alvo de ataques de adversários (as) políticos de forma cruel e manipuladora. Isso se verifica facilmente pelas postagens e comentários de deputados (as) e vereadores (as), amplamente divulgados, que fortalecem o ataque direcionado à Eliane relacionando-a com o Prefeito.  

O FMM também não compactua com o uso da Bíblia e do nome de Deus para ataques e disseminação de ódio. Para os que creem, Deus é amor e, certamente, seu nome não deve ser usado em vão. Para os que não creem, o uso do nome de Deus também soa como infame e desrespeitoso para com aqueles que creem.

O FMM reafirma sua posição de que “mexeu com uma, mexeu com todas”. Toda vez que uma mulher for atacada com inverdades, o FMM se posicionará em solidariedade a mulher.

Um comentário:

  1. Se está se retratando através desse grupo como inocente que a mentira caia por terra, pois e muito triste e cruel ver uma postagem daquela e logo vindo de uma primeira dama.

    ResponderExcluir