Últimas Notícias

Ex-governador Roberto Requião é derrotado por Anibelli Neto na eleição do diretório estadual do MDB

Deputado estadual Anibelli Neto e o ex-governador Roberto Requião disputaram a liderança estadual do MDB

O MDB do Paraná votou hoje sábado (31) para elege nova direção estadual em convenção partidária, a disputa foi entre o ex-governador Roberto Requião e o deputado estadual Anibelli Neto. 

A campanha pelo comando do partido foi acirrada redes sociais, entretanto, com 203 votos, Anibelli Neto da chapa "MDB de todos" derrotou Roberto Requião, que obteve apenas 77 votos.

A legenda no Estado estava desde fevereiro com uma comissão provisória sob comando do deputado federal Sergio Souza, que é aliado de Ratinho Junior (PSD) e do governo Bolsonaro.

Anibelli Neto disse que sua meta à frente do partido é tentar viabilizar a eleição de cinco a seis deputados estaduais e ao menos três federais. 

Atualmente, a legenda tem apenas dois deputados federais: Sérgio Souza e Hermes Parcianello; e dois estaduais: Anibelli e Requião Filho, que é filho do ex-governador. 

Roberto Requião queria reassumir o comando do partido para poder ser candidato em 2022 ao governo do Paraná em oposição à gestão Ratinho Junior, mas após a derrota segundo especulações dos bastidores o ex-governador provavelmente irá de vez para a esquerda radical. 

Durante a campanha pela liderança estadual, Requião chegou a acusar Anibelli Neto de querer o comando do MDB para poder formar apoio à reeleição do atual governador do Estado.

Anibelli Neto negou que seu principal objetivo seja o alinhamento a Ratinho Junior; "O Requião tem um histórico que todo emedebista respeita, mas temos que construir um partido, esse é o nosso desafio. Não existe essa combinação de que Ratinho Junior será candidato, nem que Requião seja. Ele tem que ter mais humildade, MDB não tem dono", criticou o parlamentar, durante a disputa pela liderança do partido.


Nenhum comentário