Últimas Notícias

Centro médico da Santa Casa de Maringá vai reforçar regionalização da saúde

Foto: SESA

O novo centro médico em construção na Santa Casa de Maringá vai reforçar a regionalização do atendimento à saúde da população no Noroeste. O espaço vai abrigar 26 consultórios especializados para atendimento na região. A previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2022. O Governo do Estado está investido R$ 3,2 milhões na obra. 

O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, vistoriou a obra nesta quinta-feira (22) e enfatizou a política de regionalização da saúde, por meio do fortalecimento das estruturas no Interior.

"Maringá é fundamental para a sua macrorregião da saúde e aqui já temos essa obra em execução", disse. "É o segundo pacote de investimentos do governo Ratinho Junior na Santa Casa. Um dinheiro bem investido para a continuidade do bom atendimento à população paranaense".

No ano passado, 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica foram abertos, com investimentos em equipamentos de R$ 3,1 milhões. O montante repassado chega agora a R$ 6,3 milhões. 

Além dos recursos estaduais, a Santa Casa também está aportando mais de R$ 170 mil em contrapartida na obra. Os serviços de especialidades serão agrupados no novo espaço. "Temos vários espaços hoje para atendimento, agora com a condição de colocar tudo no mesmo local. Uma obra feita com essa finalidade”, disse o superintendente da Santa Casa, José Pereira.

PRESENÇAS – Além da direção da Santa Casa, participaram do encontro os deputados estaduais Dr. Batista e Soldado Adriano José, e o vice-prefeito de Maringá, Edson Scabora.




Nenhum comentário