Últimas Notícias

Prefeitura de Maringá avança na mobilidade e bike como meio de transporte

Prefeitura melhora condições para os ciclistas - Foto: Mileny Melo / PMM

A Prefeitura de Maringá melhorou as condições para quem usa a bicicleta como meio transporte. A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que já são 41 quilômetros de ciclovias por toda a cidade, incluindo o trecho mais novo, na avenida Riachuelo, Vila Operária, quase um quilômetro entre as avenidas Laguna e Brasil, em fase de conclusão. 

Novidades serão anunciadas em breve com resultado das ações do Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob), criado em 2019 na primeira gestão Ulisses Maia. A coordenadora do plano e gerente de projetos da Semob, Elise Savi, diz que foram realizadas consultas à população e que serão realizadas novas audiências públicas. “A participação da população é importante para a construção de um planejamento que responda aos anseios da comunidade”, explica.

Outros 15 quilômetros de ciclovias estão em estudo. A próxima prevista será na avenida Tuiuti, do Contorno Norte até a avenida Brasil. Além das ciclovias, também foram implantados bicicletários (ou paraciclos) somando quase mil vagas para estacionar bikes por toda a cidade e distritos. Em pontos de ônibus, canteiros de avenidas, Terminal Intermodal, rodoviária, Unidades Básicas de Saúde (UBS), teatros, unidades do Meu Campinho, praças, entre outros espaços públicos.

PROFISSIONAL - A bicicleta como meio transporte ganhou força em Maringá, como no mundo todo, na pandemia de coronavírus. Basta olhar o grande volume de bicicletas circulando pelas ciclovias em diferentes períodos do dia. Seja para ciclistas deslocando para o trabalho ou usando a bike como instrumento profissional. Num dos levantamentos do PlanMob foi verificada a circulação de 900 ciclistas num único dia na ciclovia da avenida Gastão Vidigal. 

• Saiba mais do PlanMob . 
• Confira o site do PlanMob . 

Nenhum comentário