Últimas Notícias

Pedágios: "O povo do Paraná tem sido roubado há 24 anos", disse Jacovós durante audiência pública em Maringá

Deputado Delegado Jacovós (PL) integrante Frente Parlamentar Sobre o Pedágio da Assembleia Legislativa do Paraná

O deputado Delegado Jacovós (PL) integrante Frente Parlamentar Sobre o Pedágio da Assembleia Legislativa do Paraná, disse durante 17° audiência da pública sobre os novos modelos de pedágios realizada nesta sexta-feira (21) na Câmara de Vereadores do Município de Maringá que o povo do Paraná vem sendo roubado a 24 anos pelas concessionárias no paraná.

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE PEDÁGIOS NO PARANÁ

O deputado Delegado Jacovós (PL) reforçou que a sociedade civil organizada não suporta mais as altas tarifas de pedágio praticadas no Estado. “O povo do Paraná tem sido roubado há 24 anos. Não podemos permitir mais que os paranaenses continuem sendo enganados por mais 30 anos.”

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, confirmou nesta quinta-feira (20) a mudança no novo modelo de concessão de rodovias no Paraná. A alteração foi confirmada durante uma transmissão pela internet realizada ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro. O governo federal pretendia implantar um modelo híbrido de concessão onerosa. Após pressão da Assembleia Legislativa do Paraná, por meio de dezenas de audiências públicas ocorridas em todas as regiões do Estado, o governo reviu a questão.

“Esse recuo do Governo Federal foi uma verdadeira vitória e a nossa Frente Parlamentar teve um papel fundamental nesse debate. Aqui no Paraná não aceitaremos mais esse tipo de contrato que fere nossa sociedade”, afirmou Jacovós.  

Delegado Jacovós classifica como importante o consenso entre os governos estadual e federal sobre os novos modelos de pedágios. Jacovós, o Governo do Paraná e o setor produtivo defendem o modelo de menor preço, sem limite de desconto. Dessa forma, vence a empresa que apresentar a menor tarifa.

Nessa proposta, as vencedoras terão que depositar um valor como garantia de execução das obras. E quanto maior o desconto na tarifa, maior será o depósito.

Nenhum comentário