Últimas Notícias

Mais de mil pessoas deixaram de tomar a segunda dose da vacina em Maringá

Mileny Melo/PMM

Para garantir resultado mais eficaz, a segunda dose da Coronavac, do Instituto Butantan, precisa ser tomada num intervalo de 25 dias, de acordo com determinação da Secretaria Estadual de Saúde; e a segunda dose da vacina de Oxford/AstraZeneca, da Fiocruz e da Pfizer /BioNTech, em 12 semanas. 

A vacinação começou em 19 de janeiro em Maringá e, até o final da tarde de ontem, pelo menos mil pessoas já estavam atrasadas em relação à segunda dose. 

A secretaria de Saúde de Maringá programou a aplicação exclusiva da segunda dose da vacina, neste sábado, até as 14 horas, na UBS da Vila Operária, Praça Regente Feijó, 394. De acordo com Nota Técnica do Ministério da Saúde as pessoas devem se vacinar com a segunda dose mesmo fora do prazo recomendado. 

A Secretaria de Saúde de Maringá alerta que, mesmo após tomar a segunda dose, as pessoas devem continuar com os cuidados preventivos à Covid-19. A imunização demora alguns dias para acontecer. Além disso, mesmo vacinadas, as pessoas podem ser infectadas pelo vírus e transmiti-lo a outros.
Ao buscar os pontos de imunização, é importante sempre levar documentos pessoais com foto e a carteira de vacina.

Nenhum comentário