Últimas Notícias

Ulisses Maia apresenta ações dos 100 primeiros dias de governo em Maringá


Foto: Mileny Melo/PMM

O prefeito Ulisses Maia apresentou hoje, via YouTube, as ações dos 100 primeiros dias de governo da nova gestão. 

O material trouxe as principais medidas tomadas pela administração municipal para salvar vidas e diminuir os impactos da pandemia, além das obras executadas nesse período e ações que integram os projetos Maringá Cuidada e Maringá Inovadora. Expressivos indicadores para a cidade também foram apresentados nesta manhã. 

Nos 100 dias primeiros dias de gestão, a Prefeitura de Maringá não mediu esforços para enfrentar o momento mais crítico do contagio de coronavírus, com agravamento da pandemia e a chegada da nova cepa do vírus. Mesmo diante desse desafio, a gestão manteve o diálogo e articulação com a sociedade civil, Câmara Municipal e outras entidades. 

O prefeito Ulisses Maia destacou que estes poucos mais de três meses de gestão, foram de extrema dificuldades. “Apesar disso, não deixamos de realizar tudo que a população precisa. Ao lado de todo esse esforço para proteger a vida do maringaense, estamos executando uma série de obras, projetos e ações”. 


Concomitante ao trabalho de combate à covid-19, a Prefeitura iniciou obras essenciais para o desenvolvimento da cidade como o início da construção de três restaurantes populares, com investimento de R$ 4,9 milhões e as obras do contorno norte (investimento de R$ 16,9 milhões) que vão contemplar 8 viadutos de transposição, trazendo mais segurança no cruzamento de várias avenidas de Maringá. A Prefeitura mantém hoje 42 obras com valor contratual de R$274 milhões. 

Nos 100 dias, também teve muito trabalho com foco em inovação, ação social e aceleração econômica. Durante a apresentação, o prefeito Ulisses Maia destacou a assinatura do protocolo de intenção para implantação do Instituto Federal do Paraná, “uma conquista histórica”. 
Em 2021, também teve o lançamento do Programa de Aceleração e Internacionalização da Economia da Moda. A cidade foi o 1º polo do Estado a receber selo da parceria com a Invest Paraná. 

A Prefeitura ainda trouxe modernização, autonomia e agilidade, com o início da implantação de totens de autoatendimento para cidadãos resolverem processos municipais e implantou o Refis Online.

No projeto Maringá Cuidada, a Prefeitura iniciou uma ação integrada entre as secretarias de Limpeza Urbana e Infraestrutura, em formato de força-tarefa, executando serviços de roçada, poda de árvores, limpeza de meio-fio, entre outros nos bairros da cidade. A iluminação em led foi ampliada para Avenidas Tuiuti, Pedro Taques e Alziro Zarur e prossegue em novas avenidas ainda esse semestre. 

Apesar das dificuldades, Maringá se destacou em 2021 em vários indicadores nacionais. A cidade foi eleita a melhor para se viver no País, foi líder em geração de empregos e a mais empreendedora no interior do Paraná, a 2ª do Estado e 17ª no Brasil em transparência e a 2º melhor saneamento básico do Brasil. 


Combate à Pandemia 

O prefeito Ulisses Maia também apresentou a reestruturação dos serviços de saúde, contratação de recursos humanos e vacinação, que foram prioridades nesse semestre. Auxílio Emergencial, Auxílio Renda Extra, Apoio aos Profissionais de Eventos, Suspensão dos Tributos e Taxas, Cartão Alimentação, Cestas Básicas, Kit Alimentação e Kit Higiene, estão entre as ações implantadas pela Prefeitura para reduzir os impactos da pandemia.

O município também reservou o recurso de mais de R$ 110 milhões para a compra de vacinas pelo Consórcio Nacional de Prefeitos. O Consórcio realiza a negociação para a compra de R$ 30 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. A negociação está em fase inicial, sem compra finalizada.

Além do prefeito, participaram o vice-prefeito Edson Scabora; vereadores Alex Chaves e Belino Bravin representando a Câmara Municipal; Bruna Barroca, presidente do Ipplam e secretária de Urbanismo e Habitação; Tânia Periotto, secretária de Educação; Hércules Kotsifas, secretário de Saúde; Marcelo Puzzi, secretário da Saúde; Marcos Coridolli, secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação e Orlando Chiqueto, secretário da Fazenda.

Nenhum comentário