Últimas Notícias

STF inocenta ex-presidente Lula e restabelece direitos políticos do petista que poderá disputar eleição de 2022

Foto: Sérgio Lima/Poder360


O supre Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta (15) anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio da Silva (Lula) do PT. 

Graças aos ministros do STF, Lula conseguiu restabelecer os seus direitos e poderá disputar as eleições de 2022, Lula também obteve "vitória" sobre o juiz Sergio Morro e promoveu uma derrota histórica da Operação Lava Jato.

A decisão dos ministros do STF irritou o presidente Jair Messias Bolsonaro que por sua vez proferiu críticas ao poder judiciário, que, no dia anterior, impuseram um revés ao presidente ao confirmar a ordem para instalação da CPI da Covid no Senado.

Na sessão desta quinta, os 8 ministros que votaram a favor de anular as condenações de Lula são:

Edson Fachin;

Ricardo Lewandowski; 

Gilmar Mendes;

Rosa Weber; 

Alexandre de Moraes;

Dias Toffoli; 

Cármen Lúcia; 

Luís Roberto Barroso. 


Os 3 ministros que votaram para manter as condenações de Lula são:

Kassio Nunes Marques;

Marco Aurélio;

Luiz Fux.

Um comentário:

  1. E o STF, COM SUA DECISÃO, APROVOU TAMBÉM A VOLTA DA CORRUOÇÃO. O PT QUER APENAS O PODER PARA A CORRUPÇÃO LIVRE.

    ResponderExcluir