Últimas Notícias

Rodoviária terá novo acesso de ônibus pela avenida Tuiuti

As obras de reforma do Terminal Rodoviário Vereador Dr Jamil Josepetti, em Maringá, iniciaram em fevereiro e já é possível conferir uma das principais novidades do espaço. Uma rampa para novo acesso de ônibus pela avenida Tuiuti está sendo construída no local. O trecho já recebeu terra e pedra e em breve será asfaltado. 

O secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Gilberto Purpur, informa que as obras seguem o cronograma e a reforma completa deve ser entregue no final do ano.

O projeto também prevê mudanças e melhorias no embarque e desembarque de passageiros com a instalação, por exemplo, de um sistema digital. O acesso para plataforma de embarque ocorrerá por uma catraca eletrônica para passagem exclusiva dos passageiros. 

Haverá mudanças nas vias e acessos para melhorar o fluxo de veículos e pessoas, que hoje é um dos principais problemas do terminal em dias de movimento intenso. O projeto prevê alterações no acesso para automóveis e entrada para pedestres pela avenida Centenário. Para facilitar a vida dos usuários do transporte coletivo, será construído um novo terminal metropolitano. 
A passarela entre a calçada da avenida Tuiuti e o piso superior da rodoviária será mantida, mas passará por adequações.

Projeto - O projeto da reforma relaciona segurança, conforto, acessibilidade e modernidade. Entre as intervenções estão a climatização, instalação de elevadores, melhorias nas partes elétricas, hidráulicas e logística, adequações e ampliações na prevenção de acidentes e catástrofes. 

A obra ainda contempla a reforma dos banheiros, melhorias nos guichês das companhias, além de licitação para novos espaços comerciais num segundo momento.
O custo da reforma da rodoviária é de R$ 8,9 milhões, com obras numa área de 18 mil m², com previsão de entrega no final de 2021. A reforma acontece com a rodoviária operando normalmente, com trechos fechados por tapumes para não atrapalhar as operações das empresas. 

A reforma da rodoviária faz parte de uma série de ações da Prefeitura de Maringá, para melhorar a mobilidade da cidade, como ampliação de ciclovias e reforma do aeroporto.
A Rodoviária maringaense foi inaugurada em 1998 e, antes da pandemia, tinha fluxo em torno de 1,4 milhão de passageiros anualmente, entre embarques e desembarques. Em 2020 o fluxo caiu pela metade por causa da pandemia.








Nenhum comentário