Últimas Notícias

Batalhão de Operações Aéreas salva cinco pessoas no Litoral e na RMC no fim de semana

BPMOA e bombeiros fazem resgate após barco virar no mar na Ilha de Superagui, no litoral do estado. Foto:BPMOA

A agilidade do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) ao atender dois casos graves neste fim de semana salvou cinco vidas, quatro delas vítimas de afogamento na Ilha de Superagui no sábado (24) e uma que sofreu esmagamento de trator em Tijucas do Sul, na Região Metropolitana, neste domingo (25).

A primeira situação foi o resgate de vítimas de um barco que virou no mar nas proximidades da Ilha de Superagui. Uma delas, um homem de 37 anos, precisou ser levado de helicóptero ao Hospital Regional de Paranaguá para receber mais cuidados. Uma mulher, que também estava na embarcação, foi encontrada pela aeronave da PM sem vida. O 8º Grupamento de Bombeiros (8º GB) auxiliou no socorro às vítimas.


“Durante o trajeto da base até o local da ocorrência fomos informados que havia uma vítima submersa na água. Assim que a aeronave chegou ao local, a equipe médica ficou na areia para atender as vítimas enquanto a equipe do BPMOA partiu para fazer as buscas. Rapidamente o corpo foi encontrado e removido do local com apoio da embarcação dos bombeiros”, explicou o comandante do batalhão, tenente-coronel Pucci.

CRIANÇA - Segundo o relato de testemunhas aos policiais e bombeiros, uma das vítimas, de apenas seis anos, ajudou três pessoas a se segurarem em um cooler e estofamentos do banco para flutuarem até conseguirem chegar à praia. Ela lançou esses materiais para eles. 

“Foi uma ocorrência atípica que demonstra a versatilidade de aeronave, porém, se destaca a habilidade da criança em passar os materiais flutuantes para as demais vítimas serem salvas até a chegada das equipes. A criança, muito embora tenha perdido um familiar nessa situação, merece um destaque e uma homenagem por ajudar a salvar outras vidas”, afirmou o comandante Pucci.

SUPORTE - Já na tarde de domingo, a equipe do BPMOA recebeu um chamado da Central de Regulação do Samu sobre uma vítima, de aproximadamente 20 anos, que sofreu esmagamento de um trator. As informações preliminares são de que o rapaz teve a perna prensada pela tobata do motor com um muro.

"Rapidamente fomos até o local e chegamos em 20 minutos. Nossa equipe de operadores de Suporte Médico desceu da aeronave, fez a estabilização da vítima, com atendimento necessário para ser levado de aeronave a um hospital", explicou o tenente Mauro Henrique M. Fernandes. A tripulação levou a vítima com vida ao Hospital Cajuru para prosseguir o atendimento com equipes especializadas.

Nenhum comentário