Últimas Notícias

Maringá teve superavit de R$ 308,5 milhões em 2020, diz secretário de Fazenda

O secretário de Fazenda, Orlando Chiqueto, apresentou nesta terça, 23, a prestação de contas relativa ao 3° quadrimestre de 2020. 

A Prefeitura de Maringá fechou o ano com superávit financeiro de R$ 308,5 milhões. Isso significa que as receitas arrecadadas em 2020 foram maiores que as despesas empenhadas. A audiência ocorreu na Câmara de Vereadores.

Orlando Chiqueto explicou que o resultado do superávit de 2020 se deve principalmente a dois fatores. “Primeiro porque implantamos ao longo dos últimos 4 anos uma política de redução de despesas, desburocratizando procedimentos. Segundo, em função de vários projetos que não foram executados por conta da pandemia”, afirmou, enfatizando também o resultado positivo do superávit de recurso livre de R$ 110.3 milhões. 

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, ressalta que a reserva de recursos é muito importante para garantir serviços públicos de qualidade. “O município tem que estar preparado para momento de crises e acontecimentos inesperados. Isso é uma segurança para a população”, destacou. 

A audiência foi conduzida pelo presidente da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal, vereador Carlos Mariucci. Após a prestação de contas do secretário Orlando Chiqueto, a audiência foi aberta para questionamentos dos vereadores e  pelo público que acompanhou a transmissão pelas redes sociais. 

Os dados apontaram que novamente a Prefeitura de Maringá investiu em Saúde e Educação mais do que determina a Constituição. Em Saúde foram R$ 178,7 milhões (19,90%) e na Educação foram R$ 231,1 milhões (25,55%). A legislação aponta 15% e 25% respectivamente. São recursos de impostos e transferências de impostos como prevê a Constituição. 

Chiqueto reforçou que Maringá apresenta nota A em Capacidade de Pagamento. Isso significa ótimo controle das contas, obrigações financeiras rigorosamente em dia, capacidade para gerar receitas e fazer frente as suas despesas obrigatórias. Participaram da audiência os vereadores: Flávio Mantovani, Mário Verri, Ana Lúcia, Maninho, Onivaldo Barris e Rafael Roza. Além de secretários municipais.



Nenhum comentário