Últimas Notícias

Curitiba; UFPR cancela provas do concurso da Polícia Civil e revolta mais de 100 mil candidatos vindos de todo Brasil

 

Na manhã deste domingo (21), o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (NC-UFPR) suspendeu as provas do concurso público que seriam realizadas hoje.

Mais de 100 mil candidatos vindos de todo Brasil que estavam em Curitiba para realizar o concurso da Polícia Civil do Paraná neste domingo foram surpreendidos na madrugada com a notícia do adiamento das provas.

A Polícia Civil do Paraná encaminhou uma nota pública em relação à suspensão das provas.

Polícia Civil do Paraná (PCPR) informa que, assim como os candidatos, também foi surpreendida, na madrugada deste domingo (21), acerca da decisão tomada pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (NC-UFPR) de suspender a aplicação das provas agendadas para esta data. A PCPR informa, ainda, que imediatamente encaminhou ofício ao NC-UFPR requisitando os motivos ensejadores da medida adotada pela Banca contratada, pois, até então, era reportado por esta sobre a plena viabilidade de aplicação dessas provas. A retomada do andamento desse concurso é muito aguardada pela Instituição Policial Civil e pela sociedade paranaense, na medida em que visa a recomposição urgente do deficitário quadro de servidores para atender as demandas de área essencial, que é a segurança pública.

A decisão é do Núcleo de Concursos da UFPR, contratado para fazer as avaliações, que alegou impossibilidade de garantir segurança e isonomia aos candidatos na horas da realização das provas. Em nota a UFPR justificou que, teria sido notada ausência de requisitos indispensáveis de segurança, assim, foi necessário o adiamento das provas.

Considerando que, na última checagem realizada na madrugada de 21 de fevereiro de 2021 em observância ao seu protocolo de integridade, o Núcleo de Concursos da UFPR denotou a ausência de requisitos indispensáveis de SEGURANÇA para a aplicação das provas do Concurso Público em todos os locais previstos na capital e nas cidades da Região Metropolitana de Curitiba/PR, o que poderia colocar em risco a integridade das avaliações e o tratamento isonômico dos candidatos, bem como a saúde e a biossegurança de todos os envolvidos na realização das provas para o provimento de cargos públicos de Delegado de Polícia, Investigador de Polícia e Papiloscopista, comunica-se – por cautela e com urgência – a SUSPENSÃO da aplicação de todas as provas previstas para o dia 21 de fevereiro de 2021 e o seu ADIAMENTO para outra data a ser oportunamente informada.


Deputado Delegado Jacovós revoltado com a decisão da UFPR, fala sobre o cancelamento das provas do concurso da Polícia Civil. "Concurso PCPR: UMA VERGONHA!! Desrespeito, falta de competência, humilhação! Instituições se acham no direito de humilhar e desrespeitar pessoas de todo Brasil!! Entrem na Justiça, isto cabe processo de INDENIZAÇÃO em relação à UFPR. "

Os deputados estaduais do Paraná, Do Carmo, Homero Marchese também criticam a decisão da Universidade Federal do Paraná em suas redes sociais.




Nenhum comentário