Últimas Notícias

Maringá: Saúde recomenda isolamento social por 10 dias para quem viajou no recesso

A Secretaria de Saúde recomenda para que pessoas recém-chegadas à cidade cumpram isolamento social voluntário de 10 dias. Divulgação/ Prefeitura de Maringá.

A recomendação vale para viagens nacionais ou internacionais, de carro, ônibus ou avião. Viajantes também devem manter distanciamento de pessoas do grupo de risco para covid. 

“É importante que o cidadão esteja consciente quanto ao momento que vivemos. Em todo Brasil e no mundo a epidemia ainda não acabou  e está aumentando o número de casos da doença”, reforça a médica infectologista do município, Jussara Titato.

A saúde analisa constantemente os dados epidemiológicos para tomada de decisões. O cenário do recesso de fim de ano exige alerta pela alta possibilidade de transmissão no local de férias e vinda do vírus para a casa. 

A médica infectologista reforça que o atendimento em saúde deve ser feito quando houver qualquer sinal de infecção. “Quem se deslocou durante o recesso e está isolado deve buscar atendimento médico imediatamente caso apresentem sinais clínicos para covid, como febre, dor de cabeça, dor de garganta, perda de paladar ou olfato, tosse, falta de ar, diarreia, entre outros”. 

A Assistente Virtual Laura ajuda na triagem dos pacientes em casos mais leves ou dúvidas, o chat pode ser acessado por meio do site da prefeitura (www.maringa.pr.gov.br) ou pelo whatsapp 0800 133 1333.

 O atendimento para suspeitas de doenças respiratórias ou coronavírus em Maringá é realizado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Sul (Av. Arquiteto Nildo Ribeiro da Rocha, 865). 

Maringá registrou baixa nos casos de coronavírus nos primeiros dias úteis do ano, sem nenhuma morte confirmada nos últimos 2 dias. Não significa, no entanto, a possibilidade de afrouxamento dos cuidados, especialmente com a possibilidade de alta na transmissão com o deslocamento do recesso. 

Para quem retorna ao trabalho ou atividades cotidianas, mantêm-se essenciais o uso de máscara, higienização frequente das mãos, distanciamento social e não compartilhar objetos pessoais. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Maringá.
Edição: Repórter Jota Silva.

Nenhum comentário