Últimas Notícias

Paraná terá 15 novas praças de pedágio passando de 27 para 42 pontos de cobrança

 


Atualizado às 10:53

O estado do Paraná, que atualmente possui 27 praças de pedágio, passará a totalizar 42 em breve, após o leilão das concessões que irá ocorrer ainda este ano. A adição de 15 novas praças está prevista no estudo feito pela Empresa de Planejamento e Logística S.A (EPL) e discutido juntamente com o Ministério da Infraestrutura.

O estudo prevê que todas as praças de pedágio estejam em operação no ano 2 do novo contrato, que deve ser concretizado no final de 2021, já que em novembro vencem os contratos vigentes – portanto, entre 2022 e 2023.

Proximidades das novas praças

– Sengés (PR-151)

– Siqueira Campos (BR-272)

– Jacarezinho/Ourinhos (BR-153)

– Califórnia (BR-376)

– Norte de Tamarana (PR-445)

– Jussara (PR-323)

– Tapejara (PR-323)

– Perobal/Cafezal do Sul (PR-323)

– Guaíra/Terra Roxa (BR-272)

– Guaíra/Mercedes (BR 163)

– Toledo/Cascavel (BR-467)

– Capitão Leônidas Marques (BR-163)

– Ampere (PR-182)

– Renascença (BR 280)

– Guairaçá (BR-376)

Das 15 novas praças, 6 são 'PR' e pertencem ao governo do Paraná.

Pacote completo

O estudo prevê licitar 3.327 quilômetros de rodovias estaduais e federais em seis lotes. Serão 42 praças de pedágio, 15 praças a mais do que atualmente. A previsão é de R$ 43,7 bilhões em investimentos e que em 10 anos sejam duplicados 1.861 quilômetros de vias. O prazo de concessão do modelo híbrido terá validade de 30 anos.


Nenhum comentário