Últimas Notícias

Vereador Chico Caiana morre aos 56 anos


Chico Caiana (PTB), de 56 anos, vereador em Maringá, que estava internado no HU a cinco dias após sofrer um AVC, faleceu ma manhã desta quarta-feira, 29.

Dois médicos já haviam confirmado a morte cerebral e por volta das 07:45h o parlamentar teve parada respiratória e foi a óbito.

Chico estava internado em estado grave na UTI no Hospital Universitário de Maringá desde sábado (25) quando teve um mal súbito e sangramento no nariz, na madrugada desta segunda-feira (27), acabou sofrendo um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O vereador também foi diagnosticado com Púrpura Trombocitopênica Idiopática (PTI), que causou o AVC e diminuição do número de plaquetas no sangue, dificultando uma possível cirurgia.

 

“O vereador sempre trabalhou muito e não estava reclamado de dores. Que seja feita a vontade de Deus, disse o assessor” disse Danilo Nunes, assessor parlamentar do vereador em entrevista para a rádio CBN. 


O vereador Chico Caiana (PTB) era membro da comissão parlamentar de inquérito (CPI), os trabalhos foi cancelado e a reunião da CPI da Saúde desta semana, que ocorreria nesta terça-feira (28) foi adiada.


Chico Caiana, estava como vereador pelo 3º mandato na cidade de Maringá. Presidiu a Câmara Municipal de Maringá nos anos de 2015/2016. Atualmente era presidente local do Partido Trabalhista Brasileiro e tentaria a reeleição pela 4º vez nas eleições deste ano.

O jornalista Diniz Neto trabalhou com o vereador Chi Caiana e fez um breve relato -  “Ele é um cara do bem, foi o melhor presidente da história da Câmara. Não pegou um centavo de nada, não usou o cargo para ele, foi correto com os demais vereadores e servidores, foi o presidente que menos gastou na história da Câmara, correto e sério, ele não é perfeito, como eu não sou, mas ele foi um presidente da Câmara exemplar e tive orgulho de poder ajudá-lo e estar ao seu lado na campanha de 2016. ”

Francisco Gomes dos Santos formou-se em direito recentemente, é empresário e possui um mercadinho (Mercado Caiana) a vários anos na divisa entre o Conjunto Requião e o Jardim Paulista em Maringá e tem uma rotina muito puxada. Acorda todo dia às 4h para ir à Ceasa.

Chico deixa esposa, 2 filhos (um adotivo) e um netinho recém-nascido.









 


Nenhum comentário