Últimas Notícias

Prefeito de Maringá ameaça e intimida vereador por mensagens no Whatsapp

O vereador e médico da família, Dr. Jamal Fares, oposição ao governo municipal revelou na tribuna em sessão realizada nesta terça-feira, 30 de junho, na Câmara Municipal, que recebeu ameaças e palavras intimidadoras proferidas por Ulisses de Jesus Maia Kotisifas, prefeito de Maringá no Paraná.
Fala do vereador Dr. Jamal na sessão da Câmara Municipal de Maringá - 30/06/2020
As começaram após o vereador Dr. Jamal declarar apoio as escolinhas contratadas pelo município para suprir vagas das creches municipais. Desde abril o município não efetua o pagamento para as escolinhas, os proprietários já contabilizam prejuízos e se a prefeitura não efetuar os pagamentos atrasados, terão que fechar as portas.
Jamal recebeu o apoio dos pais de alunos, professores e donos das escolinhas, motivado, vem cobrando duramente o prefeito Ulisses Maia nas redes sociais. O vereador lembrou que a prefeitura está renovando contrato com empresa de publicidade ao custo de 4,5 milhões por seis meses no final da atual gestão, porém não paga o que deve para as escolinhas.
As escolinhas foram contratadas após justiça determinar que o município zere a fila de espera das creches para crianças de 0 a 3 anos. A notícia ganhou repercussão na mídia e o município disse que pagará somente 30% do que deve, porém os donos de escolinhas alegam que esse valor não cobrirá os custos.
O QUE VAI ACONTECER...
A partir de ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Paraná, o Juízo da Infância e Juventude de Maringá determinou que a Prefeitura Municipal zere a fila das creches para crianças de 0 a 3 anos até o final de 2020.
De acordo com a sentença, divulgada pelo Ministério Público, a administração municipal vai ser multada em R$ 500 por criança que, no dia 31 de dezembro de 2020, ainda estiver fora da escola.

Prefeitura de Maringá dá calote em escolinhas contratadas para zerar filas de creches


Nenhum comentário