Últimas Notícias

BRDE irá acelerar startups para retomada da economia após o novo Coronavírus


Durante a pandemia do novo coronavírus (SARS-nCov-2), o BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) anunciou que irá desenvolver, ou melhor, acelerar startups, empresas de baixo custo e grande utilidade, para recuperar a economia durante o Coronavírus.

de acordo com o site StartSe, o programa BRDE Labs busca startups em estágio de validação da solução e início de crescimento nas áreas de atuação dos clientes do banco. Os setores de maior interesse são o Agronegócio; Saúde; Indústria 4.0; Internet das Coisas (IoT); Tecnologia da Informação; Energia; Educação; Logística e Meio Ambiente.

Os empreendedores receberão mentoria dos técnicos do banco na área administrativa-financeira. Eles também terão acesso a economistas, sociólogos, dentre outros profissionais que possam ajudá-los a analisar os novos desafios e o comportamento do consumidor após a crise do coronavírus.
Dez startups serão escolhidas para serem aceleradas pela VENTIUR. A aceleração será realizada em quatro meses, de agosto a novembro de 2020. As inscrições vão de 4 a 31 de maio, no site da aceleradora. O programa também tem apoio da Aliança para Inovação, composta pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e Universidade Unisinos. 

Ao final do programa, as três startups de maior destaque receberão premiações do BRDE, que podem chegar até R$ 25 mil. As empresas participantes também poderão receber um aporte adicional de investidores da VENTIUR e/ou de fundos apoiados pelo banco. 



Nenhum comentário