Últimas Notícias

ACIS dialoga com Prefeito de Sarandi sobre combate do coronavírus e retomada gradativa das atividades empresariais


Em meio à crise causada pela pandemia da COVID-19 (coronavírus), que tem trazido dificuldades para todo cidadão, abre-se espaço para o diálogo. Os anseios, a justa preocupação da classe empresarial e os problemas que afetam toda a população faz surgir a seguinte questão: como será o futuro pós pandemia em nossa cidade?

Motivado por esse sentimento coletivo, e aproveitando a oportunidade de um encontro que não estava programado, o presidente da ACIS Edson Barbado e o diretor financeiro Maurício Rogério externaram as necessidades mais urgentes da classe ao Prefeito de Sarandi, Walter Volpato. Como entidade representante do setor, a ACIS absorve muitas demandas e conhece a realidade de boa parte do comércio.

Mesmo respeitado as medidas adotadas e apoiando as ações, o presidente buscou entender de forma mais simples o que dá base aos decretos. O que fica claro, algo já reiterado, é a necessidade de evitar ao máximo o contato social, pois o Brasil já está na fase de transmissão comunitária há algum tempo. Além disso, as recomendações expressas das autoridades sanitárias, os dados técnico-científicos e a responsabilidade do poder público sobre as vidas humanas, indicam que o isolamento social é mais que urgente, e só ele pode evitar um colapso no sistema de saúde.

Mediante a situação, o presidente solicitou ao prefeito que avalie nos próximos dias a possibilidade de uma retomada gradativa das atividades empresariais, com os comércios adotando os devidos cuidados de higiene e limitando o número de pessoas no interior das lojas. Por força de Lei, nada disso pode ser aplicado agora. Se não houver segurança para tal, as medidas não poderão ser flexibilizadas ainda. Portanto, a entidade seguirá aguardando o avanço dessas questões e discutindo junto a diretoria o tema.

O momento ainda é de total preocupação com a saúde, de envidar esforços para conter a doença, de manter o equilíbrio, o diálogo e agir com muita responsabilidade.
Ao mesmo tempo, é hora de amadurecer as ideias e trabalhar para que o impacto econômico seja amenizado.

 Por esse motivo, já está previsto para a próxima semana uma conversa mais ampla com a presença de representante de outros setores e empresários da cidade, para ouvi-los conforme a situação vai evoluindo".

Nenhum comentário